O que vai mudar na logística?

Vivemos numa constante revolução digital, o que ontem era a chave do negócio, hoje já não é mais.

Como já falamos nas tendências do marketing digital, a inteligência artificial (IA) estará cada vez mais presente no online, mas no offline também. Processos automatizados através da IA e do machine learning serão cada vez mais comuns no dia a dia das grandes cadeias de abastecimento.

As pessoas não querem somente um produto, eles querem uma experiência de compra. Sendo assim o profissional de logística deverá analisar o ciclo do pedido, identificando os possíveis pontos de atrito de forma a que possam ser eliminados.

Temos vindo a assistir a uma convergência entre as lojas físicas e as lojas online, chamada de omnichannel. Esta integração permite que o cliente tenha uma experiência de compra adequada as suas necessidades. Na logística isto representa mais um passo gigante: os armazéns devem adaptar-se de forma a que os processamentos de pedidos, a gestão de stocks e os transportes não falhem.

Por fim, destacamos as entregas em cacifos/pontos de recolha e as entregas através de meios pouco convencionais. Hoje em dia já é possível fazer uma compra online para mais tarde recolher num ponto de entrega ou então pedir que seja deixada num cacifo, tudo para que, mais uma vez, o cliente tenha uma experiência de compra personalizada. Além disso, não falta muito para que as entregas feitas em bicicletas, drones, carros elétricos e veículos automáticos (sem tripulantes) sejam o dia a dia da logística

Estas são as tendências que consideramos mais importantes e iminentes, no entanto não deixe de acompanhar o nosso blogue para estar sempre a par das últimas novidades do mundo do marketing digital, do ecommerce e da logística integrada.