AliExpress abre loja física em Madrid

Se pensa que esta é uma loja física normal, está muito enganado.

A plataforma de compras chinesa mais conhecida do mundo abriu uma loja offline. E toda a gente pensou: “Como assim? Para que? Porque?”.

A loja situa-se no Madrid Xanadú, um dos maiores centros comerciais da Europa, tem cerca de 740 metros quadrados e está dividida em cinco áreas diferentes, com cerca de 1000 produtos e mais de 60 marcas diferentes.

Mas o que é que a torna assim tão diferente? A resposta é simples: aqui não podemos comprar nada! A loja serve apenas como uma espécie de sala de exposição, onde o consumidor pode ver, sentir e experimentar os diferentes tipos de produtos. Para realmente efetuar uma compra, continuamos a ter que recorrer à plataforma online.

Apesar de conseguirmos encontrar vários produtos aos preços mais baixos nesta plataforma, o ceticismo ainda se apodera de nós no momento final da compra “Será que vale a pena? Será que vai ser bom? Será que é de confiança?”.

Ao abrir um espaço físico onde o consumidor pode ver e experimentar o produto vemos uma plataforma a assumir que o consumidor omnicanal está cada vez mais presente e que algo precisa de ser feito para o satisfazer. A loja física vem na necessidade de quebrar a distância entre o vendedor e o consumidor, aumentando a confiança e a certeza de que o consumidor leva a sua compra até ao fim.

A Espanha é o quarto maior mercado do AliExpress, logo a seguir à China, Estados Unidos e Rússia, tornando-se assim na porta de entrada para a Europa.