Todos os anos nascem novas técnicas de marketing B2B que prometem ser o segredo do negócio dos anos seguintes. Mas quererá isso dizer que as técnicas dos anos anteriores já não funcionam?

Veja aqui 6 técnicas que tem resistido ao teste do tempo. ▼

Referências:

Hoje em dia, os consumidores têm inúmeras fontes de informação a competir pela sua atenção. Mas vários estudos defendem que os consumidores ainda prestam atenção à influência de quem os rodeia. Um estudo sobre a geração de leads B2B concluiu que a principal fonte de leads em 2018 foi feita através de referências.

Publicidade em revistas comerciais:

Um estudo feito no Canada revela que 80% dos inquiridos leem revistas com regularidade e que mais de metade acredita que revistas comerciais são a melhor forma de aprender sobre empresas, uma vez que olham para estas publicações como fontes de informação de confiança. Apesar de estes estudos serem especificamente Canadianos, conseguem ilustrar muito bem porque é que não devemos considerar as revistas comerciais como veículos desatualizados de informação.

Email marketing:

Nos primórdios da internet as pessoas ficavam em êxtase por receberem e-mails, mas hoje em dia luta-se para ter uma inbox com zero emails por ler. No entanto, apesar do número de emails que os consumidores B2B recebem eles continuam a prestar atenção ao seu conteúdo. A Ascend2 e a GetResponse publicaram um estudo que revela que 67% dos questionados notaram um aumento moderado na eficácia das suas campanhas por e-mail e 63% planeou um aumento moderado nos seus orçamentos de marketing por e-mail.

Blogs:

Os blogs são canais de fácil acesso que ajudam os consumidores a saber mais sobre a nossa empresa e em que é que as podemos ajudar. As pessoas leem blogs para aprender coisas. Saber quais os assuntos a abordar e como apelar aos consumidores B2B faz parte de uma estratégia de marketing bem estruturada.

Estudos de caso:

Um relatório da Demand Gen analisou as preferências de conteúdo dos compradores B2B e este revelou que apesar das novas formas de conteúdo, como os podcasts, ganharem força no mercado, os estudos de caso ainda são relevantes por várias razões. 79% dos entrevistados disseram que usaram estudos de caso para pesquisar decisões de compra e 64% partilharam estudos de caso com colegas. Desta forma eles ajudam uma empresa B2B que tenha casos de estudo a ampliar o seu alcance.

Redes Sociais:

Usadas de forma estratégica, as redes sociais, podem impulsionar o reconhecimento de uma marca B2B e podem influenciar o processo de seleção de fornecedores quando os clientes B2B decidem qual a empresa que merece os seus negócios. Com isto em mente, é essencial depender das redes sociais para promover a impressão de que a nossa empresa entende os desafios atuais e que tem, efetivamente, soluções para os resolver.

Posto isto, não há mal nenhum em usar novos métodos de marketing para diversificar a estratégia de marketing na sua empresa, no entanto não aconselhamos a descartar métodos mais antigos devido apenas à sua idade.

Na Ship4you temos a experiência e o know-how para o aconselhar em relação aos métodos que são mais adequados para a sua área de e-commerce. Fale connosco aqui.