Portugueses satisfeitos com compras online.

Com uma maior oferta de sites de ecommerce em Portugal, aumenta também o número de pessoas que escolhe comprar online, em vez de se deslocar à loja.

Seja para comprar um livro, uma viagem, roupa ou tecnologia, cada vez mais consumidores preferem fazer as suas compras no conforto do seu lar ou em qualquer outro lugar e a qualquer hora.

Para além das alternativas de escolha serem agora maiores, há também uma melhoria da qualidade dos serviços prestados ao cliente. Segundo o Observador Cetelem eCommerce 2018, 96% dos consumidores que fizeram compras online nos últimos 12 meses considerou a sua experiência de compra Boa ou Muito Boa (72% e 24% respetivamente). Apenas 4% admitem que a sua compra não correu nada bem.

A comodidade e a capacidade de fazer compras em qualquer altura e local são, precisamente, os principais aspetos positivos que 68% dos inquiridos consideram existir. Logo a seguir, estão a minoria da perda de tempo com deslocações (59% das respostas) e com eventuais filas nas lojas (55%).

Embora menos representativas, há mais vantagens neste estudo do Observador Cetelem eCommerce 2018, que teve por base uma amostra representativa de 600 indivíduos residentes em Portugal Continental, de ambos os sexos e com idades entre os 18 e os 65 anos. Por exemplo, 21% dos portugueses inquiridos dão importância ao facto de poderem comprar online produtos que não estão disponíveis em Portugal.

Os entrevistados foram contactados telefonicamente, e a informação foi recolhida por intermédio de um questionário com perguntas fechadas.