Portugal é a 24ª economia mais desenvolvida a nível digital, revela novo estudo da Mastercard.

O novo estudo da Mastercard – Índice de Desenvolvimento Digital de 2017 – realizado em parceria com a Fletcher School, revela que Portugal é a 24ª economia mais desenvolvida a nível digital.

De 60 países analisados, Portugal integra um grupo de países com uma dinâmica de aceleração e crescimento relativamente rápidos sendo, por isso, considerados atrativos para os investidores.

O Índice de Desenvolvimento Digital é um estudo realizado desde 2014 entre a Mastercard e a Fletcher School, da Universidade de Tufts, procurando analisar quão desenvolvidas estão as economias a nível digital e de que forma a conectividade está a ter impacto para milhões de pessoas em todo o mundo.

As 10 economias mais avançadas digitalmente são a Noruega, Suécia, Suíça, Dinamarca Finlândia, Singapura, Coreia do Sul, Reino Unido, Hong Kong e Estados Unidos.

Relativamente aos países que mais progrediram no desenvolvimento digital estão Singapura, Reino Unido, Nova Zelândia, Emirados Árabes Unidos, Estónia, Hong Kong, Japão e Israel.

O estudo baseia-se na resposta de economias de 60 países com base em 170 indicadores e 4 fatores impulsionadores, sendo eles a oferta disponível (acesso à internet e a infraestruturas); o ambiente institucional (políticas governamentais/leis e recursos); inovação (investimentos em I&D e startups digitais) e a procura dos consumidores por tecnologias digitais.

A confiança no digital, apesar de difícil de medir, foi também um fator considerado ficando a Europa Ocidental e o Norte da Europa no topo da tabela por causa de fatores como o enquadramento, os fortes investimentos realizados em medidas de segurança, privacidade e responsabilidade.