25% dos europeus compram online todas as semanas.

Boas notícias! O e-commerce está a ganhar terreno e a conquistar cada vez mais adeptos na Europa.

Segundo o estudo Masterindex da Mastercard, espera-se que esta tendência de crescimento se fixe nos 45% entre 2015 e 2018, consolidando algo que já se vinha a verificar.

Neste primeiro estudo realizado pela Masterindex sobre comércio eletrónico pan-europeu e novas tendência de pagamento, foram analisados consumidores em mais de 20 países do Espaço Económico Europeu. Os resultados revelam que um em cada quatro europeus com acesso à Internet fez compra de produtos ou serviços online, no mínimo, uma vez por semana em 2016.

Uma média de mais de 40% dos europeus inquiridos revelam ter efetuado compras pelo menos uma vez por ano, valor semelhante ao de Portugal nesta área que se encontra nos 43%.

Entre os artigos mais comprados online pelos portugueses, em sites de outros países europeus, estão os seguintes: vestuário, calçado e acessórios (29%), eletrónica (26%, uma percentagem bastante superior à média europeia que foi de 17%) e livros (20%).

Já no que se refere às preocupações com as compras online, diferem um pouco de país para país, mas a fraude ainda é apontada como uma das maiores barreiras quando chega ao momento de decidir realizar uma compra online. Destaque para a Grécia (71%), Espanha (64%) ou a Dinamarca (46%).

Numa perspetiva global, há um grande potencial de crescimento do comércio eletrónico na Europa com uma média de mais de 40% dos compradores online europeus a revelarem que fazem compras online pelo menos uma vez por ano.

Uma das principais razões para este forte crescimento, tanto em Portugal como lá fora, está no esforço constante para criar confiança no comércio eletrónico e, além disso, melhorar as ofertas e condições online.