Marketing Estratégico em E-commerce: como segmentar um email marketing?

Quando falamos em marketing estratégico em e-commerce, uma das ferramentas mais importantes é, sem dúvida, o email marketing. E a razão é muito simples: segmentação.

Ao contrário da comunicação nas redes sociais ou em campanhas tradicionais, aqui a sua marca pode escolher o público específico para quem quer comunicar de acordo com o perfil de quem compra os seus produtos ou serviços.

Vamos começar por lhe apresentar algumas estratégias de email marketing que poderão ajudar a aumentar as vendas na sua loja com uma simples escolha do conteúdo certo para os seus consumidores.

Ponto de Partida

Em primeiro lugar, pode começar por definir quem são, da sua base de dados, as pessoas compradoras e qual o seu comportamento ao longo da compra. Entender essa jornada faz parte de uma boa estratégia de email marketing em e-commerce. A partir daqui, é importante perceber que não basta criar um email com a apresentação dos seus produtos e vendê-los diretamente. É preciso criar conteúdo de valor. Mostrar ao utilizador que a sua loja existe e criar um relacionamento fiel e personalizado. Além disso, é uma forma eficaz de entender o que move os seus clientes, o que os satisfaz, para avaliar a melhor estratégia e evitar ao máximo o abandono de carrinho, aumentando a taxa de conversão da sua loja.

Experimente colocar no seu site um campo de subscrição de emails com um call-to-action atrativo para aumentar a sua base de dados. Se conseguir, coloque perguntas como “feminino/masculino” na hora de preencher estes campos pois poderá ser uma ajuda simples, mas preciosa na segmentação da sua lista. Não se esqueça também de adicionar à sua base de dados, os contactos de email adquiridos por quem realizou compras no seu site. Esses são os mais importantes e que deve seguir!

Com uma boa plataforma de email marketing poderá implementar e medir todo o comportamento da sua base de dados: a frequência dos envios, automatismos, segmentação de listas, taxa de abertura, cliques e rejeição de emails. Todos estes dados vão ajudá-lo a conhecer os seus contactos e delimitar uma estratégia para as campanhas seguintes. Vai permitir também testar diferentes layouts, títulos mais comerciais ou mais emotivos, diferentes tipos de linguagem, tudo isto é de extrema importância.


Tipos de Email-Marketing para E-commerce

Os mais comuns são as newsletters, os emails de nova subscrição e os de notificações de pedido. Mas os emails de pós-venda também assumem um papel muito importante já que é onde pode agradecer a compra, aproveitar para falar mais sobre a marca ou direcionar o cliente para outras redes de relacionamento.

Disponibilize ao seu cliente toda a informação sobre a compra efetuada: confirme o pedido, informe quando o produto foi enviado para a transportadora e em que dia será entregue. Quanto mais pormenores der, mais o seu cliente ficará seguro e satisfeito, aumentando a possibilidade de repetir a compra. No final, certifique-se se que o produto esteve de acordo com as expectativas e que o cliente ficou satisfeito. Esta é a sua oportunidade para ter o feedback mais fiel e mensurável por parte dos seus compradores, por isso, aproveite-a!

Identifique os pontos que podem ter corrido menos bem, recolha avaliações dos seus produtos e utilize esse feedback para as próximas vendas.

Como segmentar um email para E-commerce?

É uma das estratégias mais eficientes para atingir da forma que pretende o seu público-alvo segmentando-o por interesses, comportamentos e desejos. Por isso, deixamos-lhe alguns exemplos de emails que pode fazer e enviar para a sua base de dados:

Premiar os consumidores mais fiéis com vouchers de desconto na próxima compra;

Enviar mensagens com sugestões de produtos baseados nas pesquisas que as pessoas fazem na sua loja online (por exemplo, dicas e produtos relacionados com música para pessoas que navegam na categoria de discos de vinil);

Criar campanhas especiais em datas comemorativas (faça um calendário antecipado, para que nenhuma data lhe falhe!);

Reativar compradores “adormecidos” com sugestões de produtos semelhantes aos que essa pessoa já tenha comprado anteriormente;

Criar campanhas com caráter de urgência com promoções válidas apenas por alguns dias;

Enviar um email a quem tenha “abandonado o carrinho”, incitando à compra ao promover as vantagens do produto, oferecer um desconto ou portes grátis, por exemplo;

Enviar um email de reposição de produto quando a pessoa tiver tentado comprar quando o produto estava esgotado.


Se planear uma estratégia de email marketing bem estruturada a sua loja de e-commerce terá o destaque que deseja, aumentando de uma forma bastante considerável a sua taxa de conversão. É agora altura de começar. Está preparado?