Selo Confio pretende melhorar as vendas no mercado internacional.

O lançamento do selo Confio ainda é bastante recente mas a promessa de uma melhoria na credibilidade do ecommerce e de um incremento das vendas para o mercado internacional tem feito com que as empresas portuguesas respondam com bastante interesse e já há algumas a exibi-lo.

Já aqui anunciámos em que consiste este selo, resta-nos agora contar-lhe as últimas novidades. Para oferecer maiores garantias aos consumidores levando, consecutivamente, a um aumento das vendas, houve um reforço das exigências aos sites de ecommerce, nomeadamente quando falamos da defesa do consumidor, já que passou a ser obrigatória a adesão das empresas a mecanismos de Arbitragem ao Consumo.

O pedido e concessão do selo Confio.pt são realizados online através do preenchimento de um formulário que contém todos os requisitos necessários para a sua atribuição. Nele consta o Código de Conduta que passa por várias etapas desde a privacidade, proteção de dados, proteção de menores, pagamentos e encomendas, gestão de reclamações, segurança, arbitragem, entre outras.

Se tem interesse em adquirir este selo para o seu site de ecommerce e já é acreditado pela Acepi (Associação da Economia Digital) terá um pouco menos de burocracia pela frente. Todas as empresas antes acreditadas por esta organização – uma das criadoras do selo, a par da Deco e da DNS.pt – verão o processo de auditoria simplificado para este novo selo uma vez que muitas das atuais exigências já se verificavam.