Comércio Eletrónico em Portugal cresce acima da média europeia em 2015.

Há uma tendência positiva nas vendas online no sul da Europa e Portugal cresceu 15,7%, é o que revela o relatório de eCommerce Europeu B2C 2016 divulgado pela ACEPI em parceria com a eCommerce Europe.

Os dados partilhados mostram que as compras online na Europa geraram 455,3 mil milhões de euros o ano passado o que representa uma subida de 13,3% relativamente ao ano anterior. Em Portugal, a percentagem foi ligeiramente maior atingindo um volume de negócios de 3,3 milhões.

Sem arriscar avançar com números, a Ecommerce Europe prevê um crescimento em 2016, adiantando que existem 3,1 milhões de compradores online em Portugal, o que coloca o país a meio da tabela no índice de performance logística (16º lugar) e de facilidade de negócio (14ª posição).

No relatório, a associação destaca o Reino Unido, a França e a Alemanha como os países que mais contribuem para o saldo positivo das compras online e, juntos, representam mais de 60% das receitas totais na Europa.

Estes dados permitem destacar que o comércio eletrónico B2C tem vindo a aumentar, com um impacto significativo na economia europeia e que esse incremento deverá continuar nos próximos anos. A Ecommerce Europe conclui também que há ainda muito para crescer no comércio eletrónico nos próximos anos uma vez que ainda apenas 43% da população europeia faz compras através da internet.